FROM:  Creation Research Society   
www.creationresearch.org
Creation Matters  • Vol. 16, No. 4 • Jul/Aug 2011, Pg. 12<
Pés que Atiram Seda
Tudo Projetado,
Dr. Jonathan C. O'Quinn

Os sistemas de fixação a seco que as aranhas possuem em suas patas as permite subir na maioria das superfícies, e até mesmo em superfícies lisas. As tarântulas, que podem pesar até 50 gramas, são muito grandes para isso, e, apesar de seu tamanho, seus corpos são bastante frágeis e por isto estas não sobreviveriam a uma queda de qualquer altura.

Todos sabem que aranhas produzem seda em fiandeiras localizadas em seus abdômens. No entanto, pesquisadores observaram um fato fascinante sobre as tarântulas. Se uma tarântula está subindo em uma superfície vertical e começa a ter dificuldade, ela pode escorregar um pouquinho, mas ela raramente cairá. Isto é incrível devido ao tamanho de seu corpo.

Investigando a causa disto, pesquisadores descobriram que quando as tarântulas começam a escorregar, elas produzem fios microscópicos de seda em suas patas. De fato, elas possuem fiandeiras de seda em suas patas conectados a minúsculos tubos que se extendem além dos pêlos microscópicos ali presentes. Esses tubos minúsculos são ativados por uma perda súbita de equilíbrio em uma escalada, permitindo que a aranha se agarre à superfície.

O mais interessante é que esse sistema se ativa automaticamente. A aranha não precisa pensar a respeito! Existem evidências desse fenômeno em três espécies, levando os autores a sugerir que isto é comum entre tarântulas.

Em toda a natureza vemos exemplos e mais exemplos de criaturas que são projetadas para seu habitat único e dotadas de habilidades especiais que são críticas para sua sobrevivência. Tal perfeição não é aleatória, e nem poderia ter sido desenvolvida por acidente ou em etapas.


    Bibliografia

Rind F.C., C.L. Birkett, B.J. A Duncan, and A.J. Ranken. 2011. Tarântulas se agarram a superfícies verticais lisas ao secretar seda por suas patas. (Tarantulas cling to smooth vertical surfaces by secreting silk from their feet.) J. Exp. Biol. 214:1874–1879. doi:10.1242/jeb.055657, June 1, 2011.
 

"Tudo Projetado - Pés que Atiram Seda"
(Originally published in "Creation Matters" as: Shooting Silk Feet)
<http://www.creationism.org/portuguese/CrsCmSilkFeet_pt.htm>

Main:  Português
www.creationism.org